Comentários

(1.638)
Reinaldo Schumann, Consultor Jurídico
Reinaldo Schumann
Comentário · há 2 meses
Terceirizar, a princípio, foi a solução encontrada, na década de 1970, pelas empresas europeias, para não sucumbirem à concorrência americana e japonesa que, pelo volume conseguiam preços mais enxutos. A ideia era otimizar o uso de equipamentos, especialização e mão de obra específica, através do compartilhamento destes com vários empreendimentos, conforme a necessidade. Assim um técnico em fornos poderia ajustar e manter maquinário de várias fundições vizinhas, usando os mesmos instrumentos e otimizando os estoques de reposição. O técnico ganharia muito mais e os clientes individualmente teriam custos menores, perfeito.
Agora pensemos, que você terceirize mão de obra em período integral e, pior, que isto pareça vantajoso. Tem algo de errado contigo, pois imagine, tem o ganho dos operários, os encargos, impostos adicionais, o lucro do patrão do terceiro, que por sua vez terá despesas que você não teria. Como com tudo isto ele consegue te entregar o serviço mais em conta? A única resposta é a de que o fornecedor é, a curto e longo prazos, muito mais eficiente que você, como pode isto?
Caso o trabalho não tenha natureza temporária, intermitente ou excepcional, sugiro que olhe no espelho e descubra o que há de errado com tua administração, caso contrário sugiro que refaça teus cálculos à luz da nova lei trabalhista. Se depois disto continuar a ser eficiente e lucrativo terceirizar, vá fundo, com os cuidados necessários, pois tua missão é obter o máximo, fazendo uso do mínimo.
Reinaldo Schumann, Consultor Jurídico
Reinaldo Schumann
Comentário · há 2 meses
Quanto a este artigo há duas considerações a fazer:
- O artigo quinto da
constituição foi desmoralizado e, na prática, está em desuso desde a implantação das cotas nas universidades e nos concursos públicos;
- Emprego e sua remuneração é função unicamente do mercado, qualquer interferência do estado na relação empregador/ empregado, será sempre contornada, isto é natural.
Todas as vezes em que alguém puder conseguir no mercado mão de obra com os mesmos resultados consistentes e duradouros, a menor custo, tenderá a substituir. Empregador que dá direitos desnecessariamente, será substituído ou perderá vagas para seus concorrentes.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Reinaldo

Carregando

Reinaldo Schumann

Entrar em contato